Fundação de Apoio à Pesquisa do DF negocia convênio para pesquisas forenses

07/01/2014 - Acordo deve financiar equipamentos e bolsas para pesquisas BRASÍLIA (7/1/14) – A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) e a Fundação de Peritos em Criminalística Ilaraine Acácio Arce (FPCIAA) negociam os termos do Acordo de Cooperação Técnica para promover o progresso das pesquisas de desenvolvimento tecnológico forense no Brasil. O convênio deve ser assinado ainda este mês. Segundo o presidente da FAPDF, Alexandre Gouveia, incentivar a pesquisa nessa área significa fortalece o país. "É importante unir a pesquisa, a tecnologia e a atividade pericial. O resultado é uma solução para atos criminosos a partir da ciência. Pretendemos alavancar a pesquisa por meio de avanços tecnológicos", declarou. A parceria propõe que a FAPDF fomente a aquisição de equipamentos, a concessão de bolsas de pesquisas para mestrado, doutorado e pós-doutorado e a promoção de eventos científicos, eentre outras atribuições. Em contrapartida, a Fundação de Peritos será responsável pelo desenvolvimento das pesquisas. Para o presidente da FPCIAA, Charles Andrade, pesquisas no segmento criminal representam uma área de interesse do país, e as ações terão foco em ciências forenses, o que "difere de outros convênios". (V.F./M.D.*)
Fonte: Portal do Distrito Federal - Brasília/DF


Comentários da notícia