Financiamento estudantil: como universitários escolhem o curso

Os alunos que têm financiamento escolhem o curso que querem fazer, e não o que podem pagar. A afirmação é de Carlos Furlan, presidente da empresa de soluções financeiras Pravaler. Em encontro realizado na sede da instituição financeira, em São Paulo, o executivo revelou que o valor médio da mensalidade paga pelos universitários financiados por eles é R$ 1,4 mil. Mais da metade (54,2%) é o primeiro da família a fazer faculdade e 60% trabalham.

Outro dado interessante diz respeito ao percurso dos estudantes. A maioria (60%) não entrou no ensino superior logo após a conclusão do ensino médio, talvez, justamente, por falta de condições financeiras, especula Furlan. Entre os alunos que entraram na faculdade mais tarde, 48% esperaram mais de quatro anos para retomar os estudos. Os cursos mais financiados no Brasil são: Direito, Enfermagem, Psicologia, Engenharia Civil, Fisioterapia e Administração

O financiamento privado está em expansão em função dos sucessivos cortes no principal programa de financiamento estudantil do país, o Fies. Neste ano, o governo financiará apenas 50 mil vagas. Felipe Sigollo, que integrou o MEC na gestão de Michel Temer e trabalhou na reformulação feita em 2017 no Fies, afirmou que o mínimo para atender a demanda do Brasil seriam 200 mil vagas. “Esperamos que o governo faça uma revisão dessa oferta”, afirmou.



Fonte: https://revistaensinosuperior.com.br/financiamento-estudantil-pra/


Comentários da notícia