Para Musk, faculdade é para “diversão” e não para “aprender”

O empresário Elon Musk, que atualmente comanda a montadora de carros elétricos Tesla e a companhia de exploração espacial SpaceX, afirmou em um evento que a faculdade não é o ambiente ideal para jovens que estão em busca de uma oportunidade de trabalho.

"Você não precisa da faculdade para aprender coisas", afirmou o executivo durante uma entrevista no evento Satellite 2020, realizado em Washington, nos EUA, nesta segunda-feira (9). Para ele, o curso superior "é basicamente para diversão e para provar a você que consegue fazer as suas tarefas, mas não é para aprendizado".

Musk foi além nesse ponto e afirmou que a faculdade tem como único valor ser capaz de mostrar o que realmente importa para ele — ou seja, "mostrar se alguém pode trabalhar duro em alguma coisa". De resto, o momento é apenas de "diversão". O palestrante ainda fez uma questão retórica para provar que vários gênios da história da humanidade não passaram por esse período. "Shakespeare foi para a faculdade? Provavelmente, não", respondeu a si mesmo.

A trajetória de Elon

Apesar de hoje defender que o diploma universitário não é tão importante assim, o próprio Musk terminou uma graduação na Universidade da Pensilvânia (em Física) e outra na Wharton School of Business (em Economia). Ele abandonou os estudos formais durante o doutorado em Stanford para abrir a sua primeira empresa, a Zip2 — vendida por mais de US$ 300 milhões em 1999, o que permitiu a ele seguir a carreira de empresário e investidor.

Apesar de polêmica, a opinião de Musk sobre o ensino superior segue a biografia de grandes executivos do mundo da tecnologia. Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg, por exemplo, não finalizaram uma faculdade; tudo para se dedicarem integralmente aos negócios em andamento. O colega do empresário na PayPal, o investidor Peter Thiel, compartilha da opinião e foi além: criou um fundo de investimentos que só aceita estudantes que largarem as salas de aula para trabalhar com ele.

Ainda assim, a CNBC traz uma questão importante: na lista de empregos abertos na SpaceX, o bacharelado ou até mesmo mais graus de estudo são necessários para uma série de cargos.


Fonte: https://www.tecmundo.com.br/mercado/150953-musk-faculdade-para-diversao-nao-para-aprender.htm


Comentários da notícia