4 tendências para CIOs ficarem de olho em 2020

Na jornada de transformação digital das companhias, tecnologias como inteligência artificial e nuvem não são mais nenhuma novidade. Entretanto, na visão de especialistas da Rimini Street, as mesmas tecnologia chegam, em 2020, com novas abordagens para otimizar o rumo dos negócios.

A inteligência artificial passa a se voltar às operações internas como para dar auxílio à área de Recursos Humanos, ao mesmo tempo que as equipes buscam unificar o uso de dados. Há ainda um importante movimento para endereçar as complexidades de um ambiente híbrido multicloud.

Para aumentar a vantagem competitiva nas empresas e melhorar os índices de eficiência, especialistas da Rimini Street apontam as seguintes tendências para CIOs adotarem:

Uso interno cada vez mais intenso de Inteligência Artificial

O rápido avanço no desenvolvimento de tecnologias baseadas em Inteligência Artificial (IA) acelerou seu uso na otimização de processos e na tomada de decisão de modo mais eficiente. Embora existam inúmeras empresas implementando a tecnologia de IA incorporada aos produtos que comercializam, também existem várias companhias que estão desenvolvendo a IA para uso interno, a fim de se tornarem mais competitivas e proporcionar níveis de serviço mais altos para seus clientes. Em vez de substituir empregos, as empresas mais inteligentes e antenadas usarão a IA internamente, liberando recursos humanos para se concentrarem em projetos mais estratégicos e fornecerem serviços melhores, mais rápidos e mais eficientes do que a concorrência.

Brian Slepko, vice-presidente sênior de Global Service Delivery, Rimini Street

Empresas com visão unificada de dados terão mais sucesso

Analytics já não é novidade, e a proliferação de dados deveria significar mais e melhores insights de negócios; não menos. A era da construção de enormes data warehouses terminou. O foco mudará da coleta para a organização, correlação e análise de dados estruturados e não-estruturados. Enquanto mais e mais softwares estão sendo desenvolvidos com análises integradas e organização de dashboards de dados, muitas aplicações ainda estão em silos. Isso torna muito desafiadora a obtenção de uma visão holística do desempenho baseado em analytics, com tantas aplicações de ERP díspares. 2020 vai trazer à tona soluções de analytics multi-source, capazes de mesclar dados em um sistema único, para uma visão unificada. Isso aumentará a eficiência e irá melhorar a tomada de decisão por toda a corporação.

Eric Helmer, GVP, Strategic Services, Rimini Street

Um modelo de serviço de TI capaz de endereçar um ambiente híbrido multi-cloud

As tecnologias em nuvem estão ocupando mais espaço em aplicações e infraestrutura de TI. Suportar um ambiente multi-cloud e multi-vendor em implementações com requisitos cada vez mais complexos de integração criará novos desafios que os modelos de serviço atuais não são capazes de enfrentar. Será necessário um modelo de serviço unificado para orquestrar as operações e eliminar ineficiências em toda a empresa híbrida, que abrange licenças tradicionais, hospedadas localmente e/ou na nuvem, além de assinatura de aplicações SaaS.

Pat Phelan, vice-presidente Market Research, Rimini Street

Nuvens “Best-in-Class” ampliarão a inovação de softwares corporativos

À medida que mais aplicações especialistas de nuvem entram no mercado, fatores como adequação aos negócios, preço baixo, facilidade de uso e gerenciamento farão com que estas aplicações sejam a opção certa para muitas empresas. Suítes de softwares corporativos, como o ERP, por exemplo, continuarão sendo críticos para as principais operações de negócios, como manufatura, distribuição, logística e cadeia de suprimentos, devido às suas customizações, forte integração e um modelo de dados comum.

Porém com a necessidade de suportar novos modelos de negócios e experiência do cliente, as organizações vão continuar buscando aplicações em nuvem inovadoras que rapidamente possam fornecer vantagem competitiva e oportunidades de crescimento. Áreas específicas em que as tecnologias de nuvem de ponta tendem a prevalecer incluem recursos voltados ao relacionamento com cliente e recursos de alta interação com usuários. Aplicações inovadoras na nuvem também vencerão nas áreas de negócios em que os requisitos mudam com frequência (por exemplo, Recursos Humanos) ou quando mudanças devem ser adotadas rapidamente (por exemplo, Experiência do Cliente/Usuário).


Fonte: https://cio.com.br/4-tendencias-para-cios-ficarem-de-olho-em-2020/


Comentários da notícia