Faculdade lança vestibular pelo celular

Agora o estudante pode entrar numa faculdade como quem pede uma pizza: num aplicativo de celular. O grupo Ânima Educação criou um aplicativo que permite ao vestibulando escolher uma carreira, fazer a prova (ou usar sua nota do Enem), conferir o resultado e fazer a inscrição. Sem sair de casa.

"A gente até brinca internamente que antigamente, quando você fazia o vestibular, a primeira coisa que te pediam era guardar o celular,” disse o diretor comercial da Ânima, Cristovam Ferrara. “Agora, a gente resolveu inverter essa lógica: para fazer o vestibular, você precisa trazer seu celular."

Para evitar fraudes, o aplicativo lança mão de uma série de recursos. Para fazer a prova, o candidato dar ao app acesso à câmera de selfie. A cada cinco minutos, o programa tira uma foto e usa um software de reconhecimento facial para confirmar quem está fazendo a prova. Para evitar ajudas externas, o app desaabilita a função de copiar e colar textos, além do corretor ortográfico automático.

A prova tem questões discursivas, mais difíceis de fraudar do que uma múltipla escolha. Um professor a corrige e a nota sai no intervalo de uma hora. No futuro, diz Ferrara, uma inteligência artificial poderá corrigir a prova em minutos, tornando o processo 100% digital.

“O mundo do estudante é conectado e ele precisa resolver o máximo possível de situações através do celular", afirma.

O vestibular digital, segundo o diretor, é uma forma de inclusão. O número limitado de datas e a necessidade de se deslocar até um local de prova, muitas vezes, dificultam o acesso dos interessados.

"O vestibular vai evoluir," completou Ferrara. “Nos grandes centros, o deslocamento está cada dia mais difícil. O aplicativo é uma ótima alternativa. Mesmo num dia de chuva, mesmo com alagamento, o candidato consegue fazer a prova em casa."

O vestibular pelo aplicativo está disponível para todas as instituições da Ânima Educação, com exceção da AGES Educação (incorporada ao grupo em agosto). Para concorrer à Universidade São Judas, por exemplo, o app se chama "Sou São Judas".

Desde 2015, o Governo Federal anuncia planos de lançar um Enem digital. A promessa mais recente prevê o lançamento em 2026.


Fonte: https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2020/02/faculdade-lanca-vestibular-pelo-celular.html


Comentários da notícia