O que deve impactar a educação no futuro? Cenários sobre o ensino superior

Ao propor o Seminário Futuro do Ensino Superior, o objetivo do Semesp é ajudar as Instituições de Ensino Superior (IES) a pensarem sobre o futuro e construírem cenários e projetos que possam fazer com que elas façam as mudanças que precisam ser feitas para não serem surpreendidas pela complexidade do ensino superior.

Durante o seminário, que acontece no próximo dia 16 de agosto, na Fiap, teremos a presença do professor e pesquisador Markku Wilenius, do Finland Futures Research Centre da Turkku Univerity. Ele é especialista em estudos sobre o futuro, especialmente, sobre a educação, com foco no ensino superior. Ele começou seus estudos sobre o tema na década de 1990, tendo estudado, inclusive, mudança climática. O professor Wileniu é também da Unesco Chair for Learning Society and Futures of Education e autor de vários artigos e livros. Em 2017, ele publicou o livro “Patterns of the Future: understanding the next wave of global change”. Recomendo que visitem o website pessoal dele: http://www.markkuwilenius.fi.

Seus estudos são interdisciplinares, sistêmicos e holísticos, o que permite a construção de cenários complexos que permitem as instituições a moldarem seu futuro. A complexidade e as incertezas exigem dos gestores de institucionais a capacidade de conduzirem mudanças que induzam as instituições a serem contemporâneas e preparadas para enfrentarem os desafios que estão por vir.

Em um ambiente em que os paradigmas trazidos pela Revolução 4.0 impactam a dinâmica da IES, o caminho para evitar crises é saber lidar com as novas tecnologias. Dificilmente uma IES será competitiva nos próximos anos se não estiver alinhada com as novas tecnologias e se não se tornar rapidamente digital.

Markku Wilenius irá compartilhar seus estudos sobre as questões centrais que devem impactar a organização e a dinâmica das IES. Ele fará uma abordagem sobre as tendências de mudança na sociedade e na educação. Entre os temas que ele irá abordar é como as nossas instituições devem preparar os estudantes para um futuro incerto e o que se espera deles em termos de competências.

Wilenius tem discutido tendências de mudanças econômicas, sociais tecnológicas e educacionais, por isso, a sua participação no evento organizado pelo Semesp será uma oportunidade para todos os que estão interessados em, eventualmente, construir cenários e tornar a IES mais sustentável, competitiva e alinhada com o séc. 21.


Fonte: https://www.semesp.org.br/inovacao/noticias/impactar-educacao-futuro-ensino-superior/


Comentários da notícia