Estas profissões vão precisar de 700 mil pessoas qualificadas até 2023

Só na área de informática, o Brasil precisará qualificar 368 mil profissionais de nível superior até 2023, segundo o Mapa do Trabalho Industrial, divulgado hoje pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Ao todo,

De acordo com o estudo, as profissões ligadas a tecnologia estão entre as que mais vão crescer em demanda de qualificação, mas, ao todo, o SENAI prevê que o Brasil vai precisar capacitar 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico, qualificação profissional e aperfeiçoamento até 2023. De nível superior, a demanda

As carreiras citadas pelo levantamento têm em sua formação conhecimentos de base industrial e por isso são oferecidas pelo SENAI, mas esses profissionais podem trabalhar em outros setores da economia.

De nível superior, a área de gestão também deve demandar centenas de milhares de profissionais qualificados segundo o SENAI:

Áreas com maior demanda por formação de nível superior

Áreas

Demanda 2019-2023

Informática -368.057

Gestão- 254.811

Construção- 80.992

Metalmecânica- 56.437

Produção- 40.283

Em relação às profissões de nível superior com mais demanda, analistas de tecnologia da informação respondem, de longe, pela maior necessidade de qualificação. O Brasil vai precisar de mais de 305 mil pessoas qualificadas nos próximos quatro anos.

Os engenheiros civis e afins aparecem em segundo lugar, com a necessidade de mais 57 mil profissionais qualificados até 2013. Engenheiros de produção, qualidade e segurança também estão entre os mais demandados:

Ocupações

Profissionais a serem qualificados

Analistas de tecnologia da informação- 305.172

Engenheiros civis e afins- 57.399

Gerentes de produção e operações em empresa da indústria extrativa, de transformação e de serviços de utilidade pública- 54.940

Engenheiros de produção, qualidade, segurança e afins - 40.283

Gerentes de tecnologia da informação- 29.912

Engenheiros eletricistas, eletrônicos e afins - 29.237

Engenheiros mecânicos e afins-28.963

Artistas visuais, desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais- 25.141

Administradores de tecnologia da informação- 23.905

Gerentes de manutenção e afins- 18.182

Gerentes de suprimentos e afins- 17.865

Gerentes de pesquisa e desenvolvimento e afins- 15.021

Arquitetos e urbanistas- 14.252

Pesquisadores de engenharia e tecnologia - 13.968

Engenheiros químicos e afins - 10.116

Gerentes de operações de serviços em empresa de transporte, de comunicação e de logística (armazenagem e distribuição)- 9.440

Engenheiros em computação- 8.061

Químicos - 7.870


Fonte: https://exame.abril.com.br/carreira/estas-profissoes-vao-precisar-de-700-mil-pessoas-qualificadas-ate-2023/


Comentários da notícia