Impressora 3D gera prótese para jovem que perdeu os 2 braços

21/01/2014 - Protótipo de 60 libras está sendo usado para ajudar pessoas com deficiência A ideia de ajudar o jovem ficou conhecida como Projeto Daniel Um adolescente de 14 anos do Sudão do Sul comoveu o fundador da startup americana Labs, especializada na criação de dispositivos para auxílio de pessoas com deficiência. O jovem Daniel Omar disse que preferia ter morrido após o acidente com bombas no qual perdeu seus dois braços em março de 2012. Após ler a afirmação de Omar, o fundador da Labs, Mick Ebeling, saiu de Los Angeles com uma impressora 3D com objetivo de produzir uma prótese para o garoto, de acordo com informações do The Guardian. O braço que funciona por meio de um dispositivo mecânico simples é composto por peças de plástico e cabos que simulam os ligamentos do membro. O protótipo custa 60 libras e a ideia de ajudar o jovem ficou conhecida como Projeto Daniel, segundo a publicação. Desde que Ebeling voltou para casa, outra prótese já foi feita graças às duas impressoras 3D que ele deixou no País. As peças do dispositivo estão sendo administradas por oito pessoas que foram treinadas para operar as máquinas, montar os braços e personalizá-los, muitas próteses já ganharam novas cores como toques de rosa e turquesa.
Fonte: TERRA


Comentários da notícia