6 motivos para cursar mestrado ou doutorado

Título de mestre e doutor gera credibilidade ao profissional, que é visto como alguém com autoridade para falar sobre a sua área e contribuir com ideias relevantes para a empresa

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e, algumas vezes, o curso superior não é o bastante para garantir uma boa colocação. Com foco nas oportunidades e destaque na carreira, os profissionais buscam um diferencial e, para isso, procuram expandir conhecimentos e, consequentemente, se aperfeiçoam na área escolhida. Porém, a dúvida que surge é: por qual caminho seguir após o diploma de graduação?

Para resolver essa questão é preciso estar atento ao que cada uma destas pós-graduações oferecem. De acordo com Gabriela Techio, consultora do Escritório de Carreiras da PUCRS, o primeiro passo é entender o seu momento de carreira e objetivos. Tanto o MBA, quanto o mestrado ou doutorado apresentam pontos positivos, porém depende da escolha pessoal:

– O mestrado é bom para quem quer uma experiência de professor e/ou pesquisador, mas não só isso. Serve também para aprofundar o conhecimento em uma determinada área por meio de uma pesquisa mais completa, o que hoje é um diferencial importante no mercado de trabalho. O MBA é indicado para quem quer aumentar seu repertório em áreas como gestão de pessoas e negócios. É importante destacar que nada impede uma pessoa de ter mestrado e MBA.

O diretor de Pós-Graduação da PUCRS, Christian Kristensen, acrescenta que avançar cada vez mais nos estudos é necessário em uma sociedade que se organiza em torno do conhecimento. Os alunos de doutorado também estão inseridos no mercado de trabalho e não apenas na carreira acadêmica, pois muitas empresas investem em pesquisa e desenvolvimento:

– Uma qualificação mais aprofundada não contribui apenas para o lado profissional, está ligada em ter uma maior compreensão da realidade e atuar no mundo de forma transformadora. Pessoas com mestrado ou doutorado evoluem com a competência técnica e ainda exercitam o trabalho em equipe e a sua criatividade.

Confira algumas dicas para optar pelo mestrado ou doutorado:

1. Maior aprofundamento

O mercado de trabalho tem se interessado e olhado para os profissionais que fazem mestrado e doutorado. As pessoas estão buscando na academia como resolver os problemas enfrentados na prática das empresas. Os cursos de pós-graduação stricto sensu – mestrados e doutorados – possuem nível de ensino e aprofundamento de conhecimento superior em relação aos cursos ofertados em especializações.

2. Autoridade profissional

Atualmente, mestrado ou doutorado são uma complementariedade entre mercado e academia. O título de mestre e doutor passa credibilidade ao profissional, que é visto como alguém com autoridade para falar sobre a sua área e contribuir com ideias relevantes para a empresa. Além disso, o processo seletivo é mais rígido, com prova de idiomas, projeto de pesquisa e avaliação curricular, ou seja, demanda mais do aluno.

3. Impacto no salário

O investimento em cursos de qualificação, como graduação e pós, pode impactar diretamente no salário dos profissionais em diferentes níveis hierárquicos, segundo dados da 54ª edição da Pesquisa Salarial, conduzida pela Catho Educação. No caso de profissionais com cargos de coordenação, por exemplo, a pós-graduação ou o mestrado/doutorado podem aumentar os salários em até 53,7% e 47,4%, respectivamente. Já no cargo de analista, o mestrado ou doutorado pode aumentar o salário em 118%.

O mestre e o doutor dedicam muitas horas de estudo, logo possuem um amplo conhecimento e profundidade sobre a problemática da sua pesquisa, o que reflete no salário.

4. Novas oportunidades de carreira

Para quem pretende seguir carreira acadêmica, o diploma de mestre é exigido pela maioria das faculdades e universidades ao contratar um professor. O aluno ainda fica apto a desenvolver estudos acadêmico-científicos em universidades e institutos de pesquisa.

5. Desenvolvimento de competências

Outro ponto positivo é o desenvolvimento de competências. É essencial que os estudantes desenvolvam a capacidade de análise crítica para identificar como aplicar os conhecimentos aprendidos no curso em seu ambiente de trabalho. No mestrado, o aluno desenvolve habilidades ligadas à investigação científica, como a criação e a testagem de hipóteses de estudo, uso de técnicas para coletar e analisar dados e a escrita acadêmica. O mestrando também deve se preparar para exercer a atividade de docente, o que exige muita didática e comunicação dinâmica.

6. Internacionalização de carreira

Para ter uma oportunidade de uma carreira com componente internacional, é importante que o corpo de professores e pesquisadores da universidade possuam em elevado grau de experiência no exterior. Na PUCRS, por exemplo, estão atuando e estudando professores e alunos estrangeiros, assim como existe um número grande de doutorandos que estudam um semestre em universidades no exterior – cursando o chamado "doutorado sanduíche".

A PUCRS é a universidade que possui a melhor média nacional entre todas as instituições de ensino superior públicas e privadas com 10 ou mais programas de pós-graduação, conforme a última avaliação quadrienal realizada, em 2017, pela Capes. O aluno pode encontrar uma pós-graduação com alto grau de qualidade, programas de excelência internacional e um nível comparável às melhores universidades internacionais. 


Fonte: https://gauchazh.clicrbs.com.br/educacao-e-emprego/conteudo-publicitario/2018/11/6-motivos-para-cursar-mestrado-ou-doutorado-cjo7la8a70c5e01rxd36jqg0d.html


Comentários da notícia