7 profissões para quem odeia matemática

 Mesmo que você nunca tenha usado a fórmula de Bhaskara, não pode negar que a matemática é essencial em nosso cotidiano.

Algumas profissões exigem um conhecimento avançado na área de exatas, e muita gente tem calafrio só de ouvir falar em logaritmo. Já outras profissões, na contramão, usam bem pouco ou nada de matemática. Quer conhecer algumas profissões ideais para quem não curte matemática? Vem ver! 

 O mercado de trabalho para psicólogos ganhou uma enorme proporção em diversos segmentos, tanto na esfera pública quanto privada. O profissional formado em psicologia pode atuar em consultório e clínicas particulares, postos de saúde e hospitais, centros de reabilitação, empresas e instituições de ensino e pesquisa.

Psicologia

Para os profissionais de comunicação existem diversas possibilidades de inserção no mercado de trabalho, algumas com muito prestígio. Quem se forma em comunicação social pode se especializar em Jornalismo, Publicidade ou Relações Públicas e atuar em empresas de comunicação, emissoras de TV, rádio, jornais e internet, ou em agências e no universo corporativo. Também há muito espaço para atuação em órgãos públicos..

Comunicação Social

O bacharel em direito pode atuar em diferentes áreas nos setores público e privado. As funções mais conhecidas estão na operação do direito, como advogado, promotor, juiz e delegado de polícia. Mas há caminhos a trilhar no mundo corporativo e na academia, como professor universitário. Sem contar na carreira menos óbvia, a diplomacia.

Direito

O graduado em Letras pode atuar em escolas de idiomas, escolas de ensino fundamental e médio, cursos preparatórios para concursos e vestibular, universidades, editoras, agências de publicidade, emissoras de TV e rádio e departamento de comunicação em empresas privadas.

Letras

Quem faz graduação em História tem no ensino o caminho mais comum. Como professor, pode atuar em todos os da Educação Fundamental ao Ensino Superior, dependendo apenas da titulação obtida (para lecionar no ensino superior é obrigatório ter pós-graduação, preferencialmente Mestrado e Doutorado). Organizações Não Governamentais, empresas de turismo, órgãos públicos de cidades históricas também são opções, sem falar da atuação com profissional liberal.

História

Com programas governamentais relacionados à assistência de populações expostas à situação de risco e vulnerabilidade social, como pobreza e violência, o impacto no mercado de trabalho para o profissional formado em Serviço Social tem sido positivo. Oportunidades surgem também em empresas privadas, principalmente na área de Recursos Humanos e quando a operação gera impacto na sociedade.

Serviço Social

Para quem é pedagogo o mercado de trabalho sempre oferece oportunidades. O profissional pode trabalhar em instituições públicas ou particulares de ensino e atuar em dois campos distintos: administração e magistério. No primeiro, tem a função de gerenciar e supervisionar o sistema de ensino, já o segundo, trabalha diretamente na orientação do corpo docente e dos alunos.

Pedagogia

Dica para escolher seu curso: é sempre bom buscar informações sobre a grade curricular de cada disciplina, para poder ter uma visão ampla dos conteúdos dos cursos. Certamente, eles variam de instituição para instituição e, em alguns casos, podem ter na grade disciplinas da área de exatas, como por exemplo Estatística, ministrada em cursos como Psicologia e Relações Públicas. 


Fonte: https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/especial-publicitario/quero-bolsa/bolsas-de-estudo/noticia/2018/08/09/7-profissoes-para-quem-odeia-matematica.ghtml


Comentários da notícia